nunca mais rosas mancharão meu ventre
Quarta-feira, 5 de Julho de 2006
Fragmentos de verão - IV

       

Por trás da porta desbotada pelo sol e pela miséria

Tranquei nos meus braços o meu bem amado

 

 


Fotografia: Mar

publicado por Mar às 17:38
link do post | atirar rosas! | favorito
|

9 comentários:
De António a 5 de Julho de 2006 às 23:56
Que belos fragmentos de verão. As fotos estão óptimas. O verão também. Corre uma brisa fresca em cada noite. Que bom. Esperemos que assim continue. Uma fresca e saborosa noite de Verão é o que te desejo. António da Louletania.


De Nilson Barcelli a 7 de Julho de 2006 às 10:34
Gostei da fotografia e das palavras.
Casa roubada, trancas à porta?
Beijinhos.


De Luis a 8 de Julho de 2006 às 07:53
Um belo tríptico em quatro partes...
Um beijo
Luis


De £oµ¢o Ðe £Î§ßoa a 8 de Julho de 2006 às 14:37
Espero que seja de comum acordo, porque é chato estar preso ;)

Beijo, até outro instante...


De Maria Papoila a 8 de Julho de 2006 às 21:57
Olá Mar:
Lindíssima foto e palavras...
Aproveita.
Beijo


De conchitamachado a 10 de Julho de 2006 às 17:37
Voei...voei...voei... estacionando neste Espaço lindo !!!
Parabéns!
Valeu o Tempo que estive...
Voltarei oportunamente.

Beijinho
ConchitaMachado


De mitro a 12 de Julho de 2006 às 12:12
Bem feita! Deixa-o ficar lá trancado!


De paulo a 13 de Julho de 2006 às 18:25
Imagem espectacular, que me faz lembrar a minha infância. Calor de Verão, silvas e casas abandonadas, louca correira pelos campos, de bicicleta ou a pé, com a funda ou a espingarda de pressão, para apanhar pássaros. Muitos ou poucos, não interessa, só nos interessam os nossos caminhos, para a ribeira, no fundão onde tomamos banho, para as hortas, onde a fruta nos espera para saciar nossa fome. Corre, que vem lá o Sr. F. , esconde-te depressa que ainda apanhas uns bons tabefes. Como eram bons esses dias de Verão! Beijocas :)))


De paulo a 13 de Julho de 2006 às 18:31
Imagem espectacular, que me faz lembrar a minha infância. Calor de Verão, silvas e casas abandonadas, louca correira pelos campos, de bicicleta ou a pé, com a funda ou a espingarda de pressão, para apanhar pássaros. Muitos ou poucos, não interessa, só nos interessam os nossos caminhos, para a ribeira, no fundão onde tomamos banho, para as hortas, onde a fruta nos espera para saciar nossa fome. Corre, que vem lá o Sr. F. , esconde-te depressa que ainda apanhas uns bons tabefes. Como eram bons esses dias de Verão! Beijocas :)))


Comentar post

pesquisar
 
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Adeus

Primavera

Quando?

Faz-me o favor...

Amigos

hoje o amar...

hoje o mar...

Nocturno III

Nocturno II

Nocturno I

arquivos

Dezembro 2007

Abril 2007

Janeiro 2007

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

favoritos

Véspera

Carícia

Postal

Sossega

Final de mini-férias

Viagens

Daninha

links
Oil Of Angels - Co...
, Oil of Angels
Support Amnesty International
Cool Slideshows

free counter
rosas

Aidez FREDI en mettant cette bannière sur votre site
blogs SAPO
subscrever feeds