nunca mais rosas mancharão meu ventre
Terça-feira, 11 de Abril de 2006
Vigília

...

Eu queria só amar o meu amor

o meu amor com olhos de quimera

...

eu queria amar amar o meu amor

com a fértil humildade das sementes

e assim amando iluminar a vida.

 

Em que alvorada rasgarei os olhos?

(Eu queria um manto verde onde dormisse

e um ventre largo onde abrigar meu sono)

 

Helder Macedo


Fotografia: Mar
tags:

publicado por Mar às 16:36
link do post | atirar rosas! | favorito
|

3 comentários:
De Carlos a 11 de Abril de 2006 às 18:59
já tem a letra à tua medida
http://vagueandoporti.blogspot.com/

Que macias as pernas
na penumbra

e as ancas
subidas
nos dedos que as desviam

Entreabro devagar
a fenda / o fundo
a febre
dos meus lábios

e a tua língua
Vagarosa:

toma / morde
lambe
essa humidade esguia


De Anónimo a 18 de Abril de 2006 às 02:35
Eu acho que a foto que tiraste é que deu inspiração ao poeta.....ou foi ao contrário?....beijo , amiga Mar.


De Guilherme Machado a 11 de Maio de 2007 às 05:19
Mar,

Como vc., também vivi parte da minha infancia na cidade de Tete.
Desde 1976 que moro no Brasil.

Se possivel me mande seu email ou msn.

Sds,
Guilherme Machado


Comentar post

pesquisar
 
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Adeus

Primavera

Quando?

Faz-me o favor...

Amigos

hoje o amar...

hoje o mar...

Nocturno III

Nocturno II

Nocturno I

arquivos

Dezembro 2007

Abril 2007

Janeiro 2007

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

favoritos

Véspera

Carícia

Postal

Sossega

Final de mini-férias

Viagens

Daninha

links
Oil Of Angels - Co...
, Oil of Angels
Support Amnesty International
Cool Slideshows

free counter
rosas

Aidez FREDI en mettant cette bannière sur votre site
blogs SAPO
subscrever feeds