1 comentário:
De Anónimo a 18 de Abril de 2006 às 02:06
É tao incisivo este poema....e a foto, uma lindeza!


Comentar post