3 comentários:
De Carlos a 11 de Abril de 2006 às 18:59
já tem a letra à tua medida
http://vagueandoporti.blogspot.com/

Que macias as pernas
na penumbra

e as ancas
subidas
nos dedos que as desviam

Entreabro devagar
a fenda / o fundo
a febre
dos meus lábios

e a tua língua
Vagarosa:

toma / morde
lambe
essa humidade esguia


De Anónimo a 18 de Abril de 2006 às 02:35
Eu acho que a foto que tiraste é que deu inspiração ao poeta.....ou foi ao contrário?....beijo , amiga Mar.


De Guilherme Machado a 11 de Maio de 2007 às 05:19
Mar,

Como vc., também vivi parte da minha infancia na cidade de Tete.
Desde 1976 que moro no Brasil.

Se possivel me mande seu email ou msn.

Sds,
Guilherme Machado


Comentar post